Espectador cartográfico da Espanha

 

Mapeamento usado:

  • Mapas topográficos da Espanha oferecidos pelo National Geographic Institute (IGN) em diferentes escalas (1:2,000,000, 1:500,000, 1:200,000, 1:50,000, 1;25,000)
  • Mapa do projeto colaborativo Open Street Map, onde os próprios usuários mapeiam o mundo
  • Fotografias aéreas de Espanha do plano pnoa mais atual
  • Os diferentes vôos de ortofotos históricas existentes:
    • PNOA de 2004 a 2017. Voo fotogramamétrico do Plano Nacional de Orthofotografia Aérea (PNOA).
    • SIGPAC 1997-2003. Imagens ortográficas do voo SIGPAC feitos entre 1997 e 2003 em todo o território espanhol. O voo foi feito pelo Ministério da Agricultura, através do Fundo espanhol de Garantia Agrícola (FEGA), juntamente com contribuições de alguns CCAAs, com o objetivo de gerar as ortofotos que serviram de referência para o Sistema de Identificação de Encomendas (SIGPAC).
    • OLISTAT0 1997-1998. Imagens ortográficas do voo OLISTAT Oleícola feito pelo Ministério da Agricultura entre 1997 e 1998 em parte do território espanhol para contar o número de oliveiras do território espanhol. Veja as datas de voo de cada zona. A resolução da ortoobjetiva é de um metro durante todo o voo.
    • Voo Nacional 1981-1986. Orthoimages do vôo doméstico feito entre 1981 e 1986 em todo o território espanhol em 1 30.000 escala e realizado por empresas privadas contratadas pela IGN. Esta camada permite que você verifique a resolução da ortoimagem e a data do voo.
    • Voo interministerial. Realizado pelo Ministério da Agricultura, Defesa, Finanças e instituto geográfico e catastral (atual Instituto Geográfico Nacional). O voo data de 1973 a 1986. Escala de voo preto e branco aproximadamente 1:18,000.
    • American Series B. Voo fotogrammétrico feito nos anos 1956-57 pelo Serviço de Mapas do Exército dos EUA. Informações fornecidas pelo Ministério da Defesa (CEGET). Escala de voo preto e branco aproximadamente 1:32,000.
    • American Series A. Voo fotogramamétrico feito nos anos 1945-46 pelo Serviço de Mapas do Exército dos EUA. Informações fornecidas pelo Ministério da Defesa (CECAF). Com a colaboração da Força Aérea. Escala de voo preto e branco aproximadamente 1:43.000.
    • 1929-1930 Ruiz de Alda (Bacia de Segura). Voo fotogramatrico em preto e branco da Bacia de Segura feito por Julio Ruiz de Alda entre o final dos anos 20 e início dos 30 anos. Escala aproximada do vôo 1:10.000.
  • Mapeamento base de Ign com informações geográficas de diferentes fontes cartográficas
  • Modelo Digital do Terreno MDT representando o reviver da terra
  • Modelo Digital de superfícies LiDAR gerada pela composição de quatro camadas: sombreamento, edifícios, vegetação e hidrografia. A partir das nuvens de ponto LiDAR correspondentes à primeira cobertura do projeto PNOA-LiDAR, devidamente classificadas, um modelo digital de superfícies é gerado ao qual um sombreamento é aplicado. Três camadas sobrepõem este sombreamento: dois modelos digitais de superfícies padrão, um da classe de vegetação e um da classe de construção, e a rasterização da camada de hidrografia da Informação de Referência Geográfica do Sistema Cartográfico Nacional. Uma paleta de cores é aplicada a cada camada, definindo um gradiente na vegetação e construindo informações com base em sua altura no chão.
  • Alguns dos serviços regionais de mapeamento: Institut Cartogrofic Valenci (ICV), Institut Cartografic i Geologic de Catalunya (ICGC), Navarra Territorial Information System (SITNA), Direcção-Geral de Gestão Territorial da Cantábria, Andaluzia (IECA), Ilhas Canárias (GRAFCAN)
  • Mapeamento cadastral da Direção Geral do Catastro (Zoom > 300m)
  • Mapeamento geológico do Instituto Geológico e mineiro da Espanha (IGME) em 1/50,000 escala
  • Espaços Naturais Protegidos (PTP) permite a visualização e consulta das informações dos diferentes valores de proteção obtidos como resultado da coleta daqueles declarados de acordo com os regulamentos em vigor nos diferentes governos Mapa.
  • Natura vermelho 2000. Os locais de importância comunitária (LIC), que são propostos pelos vários governos regionais e mapama e, posteriormente, devem ser designados como Zonas Especiais de Conservação (SCEs), e as Zonas Especiais de Proteção de Aves (SPAs) compõem a Rede Natura 2000.
  • Rede de Áreas Marinhas Protegidas da Espanha e representando as áreas naturais da Rede de Áreas Marinhas Protegidas da Espanha (RAMPE), criada pela Lei 41/2010 sobre a proteção do ambiente marinho, composta por áreas protegidas localizadas no ambiente marinho espanhol, representante do património natural marinho, independentemente de a sua declaração e gestão serem regidas por normas internacionais, comunitárias, estatais ou autónomas.
  • O Mapa Florestal da Espanha (MFE) é o mapeamento florestal básico em nível estadual, que inclui a distribuição dos ecossistemas florestais espanhóis.
  • Patfor Plano de Ação Florestal Territorial da Comunidade Valenciana
  • Traços feitos por usuários do aplicativo Strava

Fonte e download de dados oficiais: